(84) 3431 1222

(84) 99914-4880

comercial95fmcn@hotmail.com

Currais Novos – RN

Após leilão do Aeroporto de Natal, governo almeja novos voos para o RN

 Após leilão do Aeroporto de Natal, governo almeja novos voos para o RN

A governadora Fátima Bezerra e membros do governo do Rio Grande do Norte celebraram o arremate do Aeroporto de Natal pela Zurich International Airport, em leilão nessa sexta-feira (19), pelo valor de R$ 320 milhões.

“Ficamos imensamente felizes com o arremate pela empresa suíça, Zurich, no nosso principal aeroporto. Tenho certeza que teremos excelentes resultados em captação de novas rotas para o Rio Grande do Norte, bem como o protagonismo do nosso destino. Agora é trabalhar com a empresa vencedora “, disse a governadora.

“Isso aqui não é um equipamento qualquer. Pelo contrário, ele é um equipamento fundamental para promover o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte, fomentar o turismo, não apenas do RN, mas do Nordeste e do Brasil”, completou Fátima.

Para a secretária de Turismo, Aninha Costa, a chegada da empresa vai abrir a possibilidade de novos voos para o estado.

“Com a Zurich será possível atrair novas rotas, investimentos e firmar uma parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo (Setur) e a Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur). Ter um concessionária aeroportuária forte ;e peça fundamental para o desenvolvimento do turismo e para a economia potiguar”, considerou.

A Fecomércio RN também se posicionou. A entidade destacou que o leilão é o passo inicial para o processo de reposicionamento deste importante equipamento turístico para o estado.

“Como principal entidade representante do trade turístico potiguar, a Fecomércio RN sempre contribuiu, ativamente, na busca de soluções para destravamento do processo de relicitação, tendo em vista o cenário claro da necessidade de novos investimentos para o terminal”, afirmou o presidente da entidade, Marcelo Queiroz.

A Fecomércio entendeu ainda que essa é uma pauta fundamental para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte como um todo, com potencial para promover novas oportunidades de negócios em diversos segmentos econômicos.

“Por sua localização geográfica privilegiada, nosso estado tem um diferencial competitivo excelente. Entendemos que iniciamos uma nova fase de oportunidades, uma vez que a empresa ganhadora do leilão possui expertise para explorar todo o potencial deste equipamento. Espera que isso ocorra tanto no transporte de passageiros quanto na movimentação de cargas para o Brasil e outros países”, destacou o presidente da Federação.

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) também enfatizou o acordo dessa sexta-feira (19). “Damos as boas-vindas à companhia suíça ao nosso estado, que tem muito a oferecer. É uma companhia com grande conhecimento e atuação em operações e gestão de aeroportos tanto no Brasil e quanto com operações internacionais. O que é uma vitória importante para o nosso estado, sobretudo por essa chegada acontecer no momento em que o estado se prepara para alavancar as exportações e atrair mais divisas”, afirmou o presidente Amaro Sales.

Histórico

Há dois anos (março/2020), a operadora Inframérica comunicou a devolução da administração do aeroporto. Mesmo alegando prejuízos, a empresa reconhece os esforços do Governo do Estado para o crescimento do fluxo de voos e consequente incremento na atividade turística e econômica.

Com a devolução pela concessionária, o terminal será novamente leiloado à iniciativa privada. Para isso, a União precisa fazer um acerto de contas com a operadora Inframérica. Em junho de 2021, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou as minutas do edital e do contrato de concessão para a relicitação do aeroporto.

Em 2022, o governo federal publicou resolução do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) que define a modalidade e as condições para relicitação. Segundo o documento, o contrato terá validade de 30 anos. A resolução publicada no Diário Oficial da União prevê a relicitação na modalidade de concessão comum, com desestatização para exploração de infraestrutura aeroportuária.

Portal da Tropical